Volte ao SPIN
SPIN01 SPIN02 SPIN03 SPIN04 SPIN05 SPIN06 SPIN07
SPIN08 SPIN09 SPIN10 SPIN11 SPIN12 SPIN13 SPIN14
SPIN15 SPIN16 SPIN17 SPIN18 SPIN19 SPIN20 SPIN21
SPIN22 SPIN23 SPIN24 SPIN25 SPIN26 SPIN27 SPIN28
SPIN29 SPIN30 SPIN31 SPIN32 SPIN33 SPIN34 SPIN35
SPIN36 SPIN37 SPIN38 SPIN39 SPIN40 SPIN41 SPIN42
SPIN43 SPIN44 SPIN45 SPIN46 SPIN47 SPIN48 SPIN49
SPIN50 SPIN51 SPIN52 SPIN53 SPIN54 SPIN55 SPIN56
SPIN57 SPIN58 SPIN59 SPIN60 SPIN61 SPIN62 SPIN63

SPIN64 SPIN65 SPIN66 SPIN67 SPIN68 SPIN69 SPIN70
SPIN71 SPIN72 SPIN73 SPIN74

terça-feira, 1 de junho de 2010

Isto é Bahia


A profissão de carpideira é muito comum na Europa,
Guardo boas lembranças das rezadeiras, das insolências, das encomendas do corpo, etc, etc
Este assunto morte me interessa muito,,,pode ser genético, pois o meu pai é muito preocupado com a morte, tá tudo preparado, a sepultara aberta, a capela ele construiu com muito esforço e carrega chave no bolso, bem como uma vela. A vela a postos ele alega que tem medo que na hora H não encontrem vela na cidade para que coloquem nas mãos dele,
Ah, a roupa também está pronta, inclusive dorme vestido com ela, isto, segundo ele, a morte pode vir enquanto ele estiver dormindo,
Como ele é muito apegado a todos nós, teve o cuidado de colocar no interior da capelinha sobre o sepulcro um retrato de cada um dos filhos dele, cada um corrrespondendo a um santo, no total de 12, sendo que 11 filhos biológicos e um adotado para completar, segundo ele, os “12 apóstolos”
O IV Avatar, por causa do nome, é o São José, por sinal um santo de cantigas muito bonitas, vi no youTube,,,fugi do assunto…hoje é dia da BA
Ah, esqueci de dizer que meu pai, perto dos 90 anos, é pinga fogo até dizer chega e toma viagra,,,também pudera, quem quer morrer levando uma vida tão feliz
Ficha do Youtube:
FernandoMCBarros — 26 de outubro de 2009 — CARPIDEIRA (Várzea – SOAJO – concelho de Arcos de Valdevez)
Uma tradição de chorar os mortos muito antiga, agora praticamente extinta.
Gravado para o programa “POVO QUE CANTA” da RTP.
Programa nº 35 – 1970

Nenhum comentário: