Volte ao SPIN
SPIN01 SPIN02 SPIN03 SPIN04 SPIN05 SPIN06 SPIN07
SPIN08 SPIN09 SPIN10 SPIN11 SPIN12 SPIN13 SPIN14
SPIN15 SPIN16 SPIN17 SPIN18 SPIN19 SPIN20 SPIN21
SPIN22 SPIN23 SPIN24 SPIN25 SPIN26 SPIN27 SPIN28
SPIN29 SPIN30 SPIN31 SPIN32 SPIN33 SPIN34 SPIN35
SPIN36 SPIN37 SPIN38 SPIN39 SPIN40 SPIN41 SPIN42
SPIN43 SPIN44 SPIN45 SPIN46 SPIN47 SPIN48 SPIN49
SPIN50 SPIN51 SPIN52 SPIN53 SPIN54 SPIN55 SPIN56
SPIN57 SPIN58 SPIN59 SPIN60 SPIN61 SPIN62 SPIN63

SPIN64 SPIN65 SPIN66 SPIN67 SPIN68 SPIN69 SPIN70
SPIN71 SPIN72 SPIN73 SPIN74

segunda-feira, 10 de março de 2014

Uma proposta no WhatsApp

De manhã cedo cortei uma manga prá comer e não eh que me esqueci
Um momento, vou comer agora mesmo, volto já
No momento são 10:40h
Quer dizer, não volto, pois vou mudar para o dia 7
in.té

Se postei a imagem acima no WhatsApp do grupo familiar
Não,...chega de pintar e bordar..
Já esgotei minha quota por lá..
Atualização - 11:20 h
Em tempo: Vou postar sim, como aprendizado ensinamento para que todos percebam o quanto isso é bom

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Um Presente para vc: Casca de Alho


Estou feliz como nunca
Hum que delícia este perfume de casca de alho
E ontem fiquei maravilhado com essas cascas na frutaria do supermercado
E fiquei me perguntando como pq os artistas desta cidade não enxergam isso
Em construção
Eu volto
Voltei
E durante a revelação de sonho os artistas quiseram saber o significado de SPIN
E disse-lhe que era qualquer um que risse reunisse brincasse
E todos viraram estátua de ouro, exceto o Edney Antunes, que ficou de longe registrando tudo num celular
Mas no final todos foram destransformados
E o abraço virou presente na hora do adeus

E mandei de presente para Ney Matogrosso, spin cantor, humano
E para os amigos, presentes e,, para os inimigos, dinheiro ouro Midas


terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Olha a Morte!

Nesta noite sonhei olhei fui a morte Ao acordar deparei-me com o som da morte: Mortoserras A princípio fiquei com receio de correr prá lá pq dias atrás quando fui fotografar o pessoal da Limpeza Urbana podando árvores um tentou me matar Não sei pq ele ficou daquele jeito Mas hoje a porteira me ensinou: É da pessoa ser assim, se não for assim não é ela E vi que o povo é sabio e aprendo com o povo

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

A ideia por trás de spin: P ou 6 ou 66 oo

No chão
Então vc ai meu vizinho longe  PPPPPPPPedro(a)  vai ficar as duas letras: PO
,,,agmmm,,fyu

O não estar não é uma questão de estar perto ou longe mas de pensamento
E vc PPPPPPedro(a) com sua eterna ilusão do ego que o faz um vizinho distante apesar de fisicamente perto: Como vai sua terna ilusão ou inflação ou obesidade, tanto faz

Em construção

Mas isso são apenas em símbolos
Não se perca em símbolos
Caia na real: Só há uma realidade: Nós pretos brancos todos juntos: Sem qualquer tipo de preconceito
Pois que precisamos é de tradução e não de repressão


terça-feira, 13 de agosto de 2013

Spin de Sapatos

Não é spin pisando sobre a arte e sim como parte dela. Foto: Will Goya

Há tanto tempo volto por aqui(sic,não volto por aqui)
E noto meus pés
Que forma é essa
Dentro da sequência Visão. Forma. Conhecimento
Onde isso ai se encaixa: Processo desdobramento decupagem
Recolher todas as coisas e, a partir das coisas (re)colhidas, relatar a realidade spin
É isso que tenho que fazer neste momento
Tenho que começar este processo tendo em vista a vinda do spin cantor no próximo dia 5 de setembro
Se bem que,...talvez neste dia eu esteja longe, no MA, mas com o processo em continuidade por lá, tenho que ver como vou enviar as obras que por acaso, sem obrigação de que brotem, brotem do processo narrativo

Que coisa estranha
Onde está o estranho ao qual me referi
Isso que acabei de ver nesta imagem ao postar no dia de hoje 6 de urano
O filósofo cínico (sic, clínico) me enviou fotos que ele tirou da uma última consulta
Fiquei surpreso quando vi, são meus sapatos mas havia um terceiro, ai me lembrei que era o pé dele
Todos pisando sobre a arte
O estranho ficou por conta da obra compondo com a cortina
Que achei estranho achei, talvez pq neste momento eu esteja fora do normal
Quando voltar à realidade nem vou ver isso, sempre assim neste processo de esquecimento de nós mesmos, não percebemos, não enxergamos...
Fui

Na correria escrevi 'cínico' no lugar de "clínico' mas o que quer dizer isso(cínico):

Quais os princípios da filosofia cínica?
"A escola de filosofia cínica foi fundada por Antístenes em Atenas por volta de 400 a.C. Os cínicos enfatizavam que a verdadeira felicidade não se encontraria em benefícios exteriores como o luxo material, o poder político ou a boa saúde. A verdadeira felicidade estaria em não se sentir dependente das coisas aleatórias e efêmeras. E porque não se constituiria em benefícios dessa espécie, a felicidade estaria ao alcance de todos. Além disso, uma vez alcançada, jamais seria perdida. O mais conhecido dos cínicos foi Diógenes, que supostamente vivia em um barril e possuía apenas uma túnica, um cajado e um embornal para carregar o pão. Um dia, enquanto estava sentado ao sol ao lado do barril, teria recebido a visita de Alexandre Magno. O imperador ter-se-ia aproximado dele e perguntado se havia alguma coisa que pudesse fazer por ele. Havia alguma coisa que ele desejasse? “Sim”, Diógenes teria respondido, “Saia da minha frente. Está tapando o sol”. Desse modo, Diógenes teria mostrado que não era menos feliz e menos rico do que o importante homem diante dele. Tinha tudo o que desejava. Os cínicos achavam que as pessoas não precisariam preocupar-se com a saúde. Até mesmo o sofrimento e a morte não deveriam perturbá-las. Muito menos se atormentarem com o infortúnio de outras pessoas. Os cínicos foram importantes no desenvolvimento da escola de filosofia estoica. Hoje em dia, os termos “cínico” e “cinismo” designam uma sarcástica descrença na sinceridade humana, e indicam insensibilidade ao sofrimento de outras pessoas."(http://www.klickeducacao.com.br/)


Post Scriptum

P.S.1-  Esqueci de dizer que retirei os pontos de interrogação que estavam no texto não gosto deste sinal

P.S.2- E pensar que há exatamente um ano atrás eu estava em Côcos de Aparecida, perto do Rio Parnaíba,
Foi ali que minha família por parte de mãe existiu
Há exatamente 1 ano eu estava lá fotografando os rapazes
Sei que não é fácil fazer isso num lugar onde rola muita ignorância e preconceito, vc pode até ser assassinado, mas eu fiz (http://josecarloslima6.blogspot.com.br/2012/08/obra-nao-realizada-homens-com.html)

quarta-feira, 17 de abril de 2013

D kd a tua juventude


Eu te adoro como és
Nesta noite sonhei, aliás, acabei de sonhar com todas as músicas sons juntos
Hummm
Todos os cantores cantando uma única música
Gal Costa
Ney Matogrosso
Vc
Sim vc
Ou não sabias que és cantor
És sim
Põe a tua voz prá fora cara
Vamos cantar esta música
..................

Uma Linda Composição de Caetano Veloso

LONDON LONDON - RPM

Estou vagando, dando umas voltas, sem direção
Estou solitário em Londres, Londres é gostosa assim
Cruzo as ruas sem medos
Todo mundo deixa o caminho livre
Sei que não conheço ninguém aqui prá dizer alô
Sei que eles deixam o caminho livre

Estou solitário em Londres, sem medos
Estou vagando, dando umas voltas, sem direção

( REFRÃO )
Enquanto meus olhos
Saem procurando discos voadores pelos céus
Domingo, segunda, o outono, passam por mim

E as pessoas passam apressadas com tanta paz
Um grupo chega a um policial
Ele parece cheio de prazer em poder atendê-los
É bom pelo menos estar vivo e eu concordo ...
Ele parece cheio de prazer em poder atendê-los
E é tão bom viver em paz e ...
Domingo, segunda, os anos, e eu concordo ...

( REPETE O REFRÃO )

Enquanto meus olhos
Saem procurando discos voadores pelos céus

Não escolho nenhum rosto para olhar ... não escolho caminho
Acontece apenas de eu estar aqui e estar tudo bem
Grama verde, olhos azuis, céu cinza

Deus abençoe a dor silenciosa e a felicidade
Eu vim para dizer sim e digo
Grama verde, olhos azuis, céu cinza
Deus abençoe a dor silenciosa e a felicidade
Eu vim para dizer sim e digo

( REPETE O REFRÃO )

Enquanto meus olhos
Saem procurando discos voadores pelos céus

.............................

Na música todos os seres cantavam esta música
Todos os seres
Homens bichas mulheres homens crentes descrentes
u
http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=7NdZSLiAzgI


A paz chegou
Ah, esquecii alguma coisa
Ah sim
A Gal
O meu nome é Gal
Ah eu queria tanto que vc...ah
Deixa prá la
Te adoro com o teu silêncio barulho
conforme disse minha mão mãe quando eu era criança num momento de desânimo por saber do que viria pela frente: Meu filho, cada pessoa vem com uma missão no mundo, cumpre a tua missão
Quando te esperava na barriga naquele deserto esmo buscando água a km de distância para beber não perguntei se tu eras homem homem outra coisa
Apenas queria vc
Vamos cantar
http://www.youtube.com/watch?v=0LjM6g4XYi4&feature=youtu.be

Meu deus, O Meu Nome é Gal é de Roberto e Erasmo, jamais imaginei
Não gostava de Roberto Carlos pq ele não rebolava como Ney Matogrosso
Coitado como rebolar com aquela prótese
Tem hora que penso que falava ops faltava um parafuso na minha cabeça
"Dez anos após a gravação original, Gal Costa voltou a cantar e registrar em disco "Meu Nome é Gal" (Roberto Carlos - Erasmo Carlos). Trocou a psicodelia da gravação de 1969 por um sofisticado arranjo, com direito a um duelo entre a voz aguda da cantora e uma guitarra elétrica. O resultado foi um dos momentos mais míticos da carreira da cantora. Aqui um amostra do potencial dos agudos da cantora, numa fascinante apoteose que fechava o espetáculo do Festival de Montreux. Começa por apresentar os músicos (grandes tempos de Perna Fróes e Moacyr de Albuquerque), passa pelo duelo com a guitarra elétrica, terminando em ritmo de samba. Esta apresentação revela o carisma e fascínio que compõem o mito Gal Costa." (Ficha Youtube, Gal Cosa no Festival de Motreux, 1980)


Retificação

José Carlos Lima Nesta noite sonhei com o Satanás e me foi dito que tenhamos pena dele e o nome dele era,...ah deixa prá lá,,,nomes não interessam pq tanto nome como rosto e só vi o rosto e o rosto era deste ai: Sósia. 
  • José Carlos Lima Tadinho ele só quer as coisas materiais e nem sabe que é tão sábio quanto o spin deus e que a única diferença entre deus e o diabo é a luz que os separa: Um sabe tanto quanto o outro, só que um sabe que sabe e o outro sabe mas não sabe que sabe

    Curtir ·  · Promover

sábado, 30 de março de 2013

Alegoria


Queridos pais, não transforme seu filho num penduricalho particular
Alegoria se escreve alegoria fantasia coisa
Ninguém é coisa objeto  penduricalhos alegorias fantasias
Ninguém é uma irrealidade

Fechar os olhos para ver



Incrível a incompetência destes spin vendedores
Há séculos que tentava comprar uma máquina que me atendesse de forma satisfatória em termos de filmagem e fotografia
Ocorre que, ao chegar às lojas, os vendedores só me ofereciam essas de bolso e já comprei várias, a última, tiro uma foto e acusa que o cartão de memória está cheio, já troquei o cartão de memória e o problema persiste, quando levo ao técnico eles informam que está tudo bem

sábado, 23 de março de 2013

Os hackers atacam

Os spin spam ou contidos ou racionais ou rasos destruirão minhas obras
Assim como as estão destruindo no blog do Nassif, ele teve que instalar uma carapaça ou escudo como proteção, aquela gente cujo nome não posso dizer senão eles destroem, também, esta minha obra
< Mas não se intimide, aguarde 5 segundos ou graus e o armário do Nassif será aberto, minhas obras estão espalhadas por lá sob vários nomes ou olhos ou seres>
E por acaso não para mim será o fim se me destroem, podem destruir, este spin já foi destruído tantas vezes, criação e destruição é lógica do spin
Destruído reconstruído sempre assim
Destruam esta obra seus larápios virtuais ou reais que só pensam em dinheiro
Pego tudo de novo no lixo
É lá que estão minhas obras
No prédio da Justiça
Um momento.i,,,que horas são,,,não posso dizer,,,As Horas já entoaram seu canto, agora não
Um momento

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

O Spin no Mato, em Côcos de Aparecida, Sul do Maranhão ou Bacia do Parnaíba

MOMENTO 1:

Caro(a) spinauta, não tem sido fácil levar adiante esta obra. Por medo, ora medo da vulgarida ora medo de ser assassinado, minha obra tem sido incompleta. Ontem  mesmo retornei da roça sem concluir o trabalho "Homens com macaquinho de pelúcia". A minha intenção fazer uma exposição à noite nas paredes da delegacia, com um retroprejtor estas imagens seriam exibidas para os romeiros. No entanto não fotografei todos os homens, fiquei muito exposto, com medo de ser assassinado vim embora, não sei se foi um medo sem fundamento, o céu me avisou sobre o perigo, vi nas fotos que tirei sem querer o carro que deveria me levar.

               Talvez não estejas entendendo o que estou dizendo, pois não entenda, o mundo não é para ser explicado e sim para ser sentido, depois eu volto para explicar, não sei quando.

              A verdade é que tirei muitas fotos e fiz videos no santuário, no entanto, como disse, senti no ar o cheiro da homofobia e cai fora, quando fui comprar o macaquinho de pelúcia o ambulante puxou um facão para descascar um a lima mas sei que não era isso, as pessoas por aqui dizem uma coisa querendo dizer outra, é tudo muito disssimuluado, sei que aquele gesto foi um aviso:  Não és bem vindo por aqui. E desde quando sou obrigado a arrombar a porta para entrar ou olhar ou ser? Fui. Não espero solidariedade de grupos discriminados. Manda a cultura da heteronormatividade.

               O certo é que retornei do santuário sem realizar minha obra, ao invés de fotografar Adriano no banho coletivo, despido, como parte da obra "Homens com macaquinho de pelúcia" tirei foto do céu que me disse: Vá. Ao invés da foto que eu queria, outra foto. A obra foi encerrada.

Post 3: A inoperância do Poder Curador

Caro spinauta, alguma vez na sua vida já deixastes, de realizar uma obra de arte por causa da ausência do Poder Curador na cidade-estado? Vamos aos fatos. Estou cansado. Ontem de manhã partir de Balsas, onde me encontro neste momento, para a área rural, uma localidade situada a 110 km daqui. Trata-se de um lugar chamado "Santuário de Côcos de Aparecida", onde viveram meus avós maternos. Lembro-me quando, por volta dos 7 anos de idade, saia à noite para pescar traíras com minha avó naquele lugar que parecia um oásis em meio ao deserto. Uma história que gostaria de entender, além de minha avó morava numa outra casa por ali, duas irmãs, Josefa e Pifana, beatas, muito ricas. Quando faleceu a última das duas, conhecida por velha Josefa, o povo se apropriou de potes de outro, porcelanas, volto com este assunto noutra oportunidade.

                   Nesta noite sonhei com o número 104, trata-se da quantidade postes que eu posso escrever hoje, talvez, algo assim.

                   Estou tão cansado que não consigo escrever,  mas qual era mesmo o assunto proposto: A utilidade do Poder Curador. É que ao chegar na roça, em pleno festejo naquele santuário, procurei saber da existência desta instância de poder da cidade-estado. Como traços desta existência deparei-me logo com uma viatura policial estacionada. Menos mal, afinal de contas para ali rumam muitos ladrões e assassinos, não à procura de salvação mas para matar e roubar. Já corri alguns riscos por lá, se bem que isto ocorreu por displicência da minha parte, pois na noite anterior eu havia sonhado que estava sendo caçado por spin ladrão e homicida. Foi o que aconteceu, isso há uns 3 anos quando fugindo, entrei no mato e deparei-me com o túmulo da minha avó. Ontem pensei em dirigir-me ao local para fotografar mas preferi ficar quieto.

                 Prá que serve o Poder Curador se este não garante nosso ir e vir e nem mesmo nossa expressão? Estava lá a viatura policial não sei prá que. Como traço do Poder Curador havia também um trailler fazendo as vezes de hospital.  Distrito policial e hospital, duas faces do Poder Curador, isto que atualmente responde pelo nome de Poder Judiciário, atualmente dando o show midiático "O julgamento  mensalão, uma hiposcria só', a mídia e STF juntos tentando salopar conquista do povo. Não passarão.

                       Retornemos ao santuário. Ontem tirei muitas fotos naquele evento em plena roça. Não foi fácil, como já expliquei, por causa da inexistência do Poder Curador. No momento estou cansado, não sei vou dar conta de relatar a obra. Melhor não. As imagens são suficientes, num outro poste, noutro dia ou hoje, não sei ao certo, volto ao assunto.

**********************************........................._______________________

MOMENTO 2: Forma...,,hummm...











Estes rapazes tão jovens mas tão sem instrução
Tão bonitos mas tão machistas
Nesta noite sonhei que eles foram até delicados e se prontificaram a ensinar a um grupo de mulheres como fritar ovo sem gordura
Ficou uma delícia
Noutro momento um queria bater boca com uma garota sobre um assunto que eu e ela havíamos combinado sobre quantidade tipo são 3 ou 2

***********************................................_____________________________

MOMENTO 3: Conhecimento..

Em construção

P.S.- Este post foi publicado no blog do Luis Nassif - Clique aqui

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Fwd: Burca



Mensagem original
De: jose carlos lima < ideiasemarmario@yahoo.com.br >
Para: jose.carlos.lima@hotmail.com,jl2006@uol.com.br,ideiasemarmario@yahoo.com.br
Assunto: Burca
Enviada: 16/12/2005 21:31

Burca2 Em que pé=nascedouro está agora a obra?
Acaba=fecha no próximo dia 3 de janeiro=70 de netuno?
E será que alguém vai entender isso?
Pois não.... explico
E será que vim para explicar=racionalizar?
Não
E vim
Mas assim
Através das minhas obras
A seguir, fragmento=detalhe da obra "Calendário de Idéia"
21 de dezembro = 57 de netuno
22 de dezembro = 58 de netuno
23 de dezembro = 59 de netuno
24 de dezembro = 60 de netuno
25 de dezembro = 61 de netuno
26 de dezembro = 62 de netuno
27 de dezembro = 63 de netuno
28 de dezembro = 64 de netuno
29 de dezembro = 65 de netuno
30 de dezembro = 66 de netuno
31 de dezembro = 67 de netuno
01 de janeiro = 68 de netuno
02 de janeiro = 69 de netuno
03 de janeiro = 70 de netuno
04 de janeiro = 71 de netuno
05 de janeiro = 72 de netuno
06 de janeiro = 73 de netuno
07 de janeiro = 01 de marte
08 de janeiro = 02 de marte
09 de janeiro = 03 de marte
10 de janeiro = 04 de marte
11 de janeiro = 05 de marte
12 de janeiro = 06 de marte
13 de janeiro = 07 de marte
14 de janeiro = 08 de marte
15 de janeiro = 09 de marte
16 de janeiro = 10 de marte
17 de janeiro = 11 de marte
18 de janeiro = 12 de marte
19 de janeiro = 13 de marte
.
.
.
.
.

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Performance na Bê Cúbico: 10/01/12 - 17:30



Na verdade este anúncio-convite era para ter sido postado noutro blog, ou seja, no SPIN Anunciante, mas como já foi postado aqui e distribuido no facebook, fica como está,
segue link para o anunciante

http://spinanunciante.blogspot.com/2012/01/performance-na-b3.html

domingo, 20 de março de 2011

Casal Obama fica curioso sobre o quadro 'Abaporu'

Presidente Dilma Rousseff, Barack Obama e Michelle Obama posam para foto junto ao quadro Abaporu. Foto: Roberto Stucker/Divulgação
Do Terra

Elaine Lina
Direto de Brasília

O casal Barack e Michelle Obama fez foto com a presidente Dilma Rousseff ao lado do 'Abaporu', quadro de Tarsila do Amaral, em exposição no interior do Palácio do Planalto. O presidente americano perguntou a Dilma o que a pintura representa para os brasileiros. O homem mais importante do mundo ouviu da presidente um breve relato sobre a Semana de Arte Moderna.

domingo, 6 de março de 2011

A respeito de sonhos

Nicolélis numa  fala disse que as pessoas que sonham são perseguidas, os medíocres não permitem o sonho do outro, pois sonhar é inovar, no fundo no fundo as pessoas vazias sabem disso e reagem
1- Miguel Nocelelis, spin cientista, sonhando o impossível
1- Abertura da entrevista no Roda Viva (vídeo)
Youtube http://www.youtube.com/watch?v=W7c0Sx0AHyI
Yahoo Grupos http://br.dir.groups.yahoo.com/group/Yoga-da-voz/message/1339
Brasilianas.org http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/miguel-nicolelis-sonhando-o-impossivel
2- Meu sonho não tem fim
Procuram-se seres humanos, não versões
Da ONG  "Meu sonho não tem fim" http://www.meusonhonaotemfim.org.br/tv.asp?video=http://www.youtube.com/v/v3Tt_pg7rzk
3- Não sei porque isto ficou sendo fim, refiro-me ao dia 6, número que sempre me revemete à morte, já sei disso por experiência própria